Saturday, December 30, 2006


Mais ônibus!

Em homenagem ao Presente de Fim de Ano, o aumento das passagens de buzú (com acento no u mesmo), aqui vai este post pujante. (Pujante?)

Pois bem.
Num belo dia desses, desta semana, saí eu mais cedo da aula, andando tranquila pela rua, sabendo que eu não perderia meu busão, como sempre acontece.
Aí fui andando saltitante pelo boulevard e cheguei ao ponto.
Uns minutos depois, vejo surgir ao longe meu ônibus lindo. Lá vem ele, galopante, brilhante, correndo para me ver.

O sinal aberto, e eu percebo, que, de repente, ele fica lento, capenga, como se hesitasse!!
Eu entro em desespero! "Vem pra cá, busão! Antes que o sinal feche!!!"
Mesmo lerdando, ele veio. Parecia que ele tava meio capenga, tava lerdão mesmo.
Dei sinal, já com medo: "ixi, esse ônibus tá meio lerdo, só faltava estragar!"

O busão chega, e pára lá na frente, longe do ponto! Uai, que estranho. Os motoristas do MEEEEU ônibus têm uma educação singular!! Eles são quase ladies, só aquele que me xingou uma vez que não é (Pior que eu não lembro mais por que ele fez isso. Abafa o caso). E eles sempre param direitinho onde a gente está.

Subi no ônibus meio hesitante. Olhei a trocadora, era conhecida. O motorista com uma barba modernosa. Sentei. Aliás, sentei no lugar certo, porque de onde sentei deu pra bicar o porquê da lerdeza do busão.

Senta que lá vem a história, minha gente.

Mas é simples.

O motorista do busão era simplesmente... UM NOVATO! Ou semi-novato.
A situação deve ter sido mais ou menos assim:
Um motorista da linha faltou e, como tava faltando busão circulando, precisavam de outra pessoa pra dirigir. Daí, cataram esse motorista, que, apesar de dirigir outra linha, já tinha sido motorista dessa linha em questão, mas havia MUITO tempo. Então, quem tava dando as ordens de bordo, quem tava dirigindo MESMO, era a trocadora. E ela tava de mau humor, viu? Hahaha.
Toda hora ele perguntava pra trocadora:
"Vira aqui? Ou ali? Quando eu dirigia este busão, a gente virava ali! Não vira mais não?"
Ela:
"NÃO. VIRA NÃO."
Ele:
"Tinha um ponto aqui, tinha um ponto aqui que eu lembro!!! Ainda tem?"
Ela:
"NÃO. NÃO TEM MAIS NÃO."
Ele:
"Por quê?"
Ela:
"Mandaram tirar porque era inútil!!!!"

Nossa. Pelo menos ele não errou o caminho, hahahahaha.

E Feliz 2007 pra todo mundo aê!
:)

mel - 8:02 PM

16 comentários

Wednesday, December 27, 2006


Murphy. Again.

Então.

Tudo começou ontem.

Pra quem não sabe, ou não se lembra, no dia 7 de dezembro, esse mesmo, que passou, eu me tornei uma pessoa com 21 primaveras. Assim, se fosse nos EUA, eu poderia beber. Mas não vem ao caso isso.

Ontem, minha mãe virou pra mim, do nada, e disse:
"Você não pode ficar doente em janeiro!"

Eu pensei:
"Uai! Por quê? Será que ela tem uma surpresa pra mim? Uma viagem a Portugal? Ou pelo menos à praia? Trabalho? Dinheiro?"

Ela continua:
"Então, cê trata de se cuidar pra não ficar doente em janeiro."

Eu brado:
"Mas minha saúde é de ferro. Eu agüentei o ar condicionado congelante daquele cursinho. Eu sou foda. Eu não adoeço! Mas por que a preocupação?"

Ela:
"Ah, é que como você fez 21 anos, o seu plano de saúde expirou. Então, pra ele continuar valendo, você tem que estar estudando, logo, você tem que passar nesse vestibular, e não adoecer em janeiro, porque em janeiro você não tá estudando e..."


MEU DEUS. Meu mundo caiu.
Imagina. Antes eu tinha toda a segurança de poder confiar no atendimento dos médicos caso eu tivesse uma dor de garganta. Hoje, o futuro é incerto!!!!
Então eu me prometi não adoecer.




E amanhece o lindo dia 27 de dezembro.
E eu amanheço com uma gripe horrorosa. COMO ASSIM, BIAL? Que gripe é essa? Daonde surgiu? (descarta o fato de secar os cabelos com ventilador)
E eu tomo tudo quanto é remédio e porcaria pra ver se melhorava pra eu ir à aula. Claro que os remédios são parte do Ranking. Mas eles são necessários.
E eu vou à aula.

E eu volto da aula. Saio do ônibus, vou andando pelo meu caminho. Bem no meio do caminho, começa uma chuva. Mas não é gotinha não, a chuva era daquelas de gotonas imensas, aquelas que até doem quando caem na gente! E não tinha marquise alguma pra eu poder parar e caçar a sombrinha na mochila. Então foi na base do capuz mesmo. Uma cena digna.
Aí vocês dizem: "Que Murphy!"
Eu respondo: "Sim, mas poderia ser pior!"
Pois quando eu botei o pé dentro de casa, a chuva evoluiu pra uma tempestade, com direito a enxurrada e relâmpagos!

Tenho medo de chuvas. Aposto que foi o Rafa Barbosa que saiu de casa, ahahahaha!

E aos fãs das histórias de busão: me lembrem que eu tenho uma fresquinha!! Mas só amanhã ou depois!
E aos preocupados com o Cooler da minha carroça: ele só tava fazendo cool-doce! hehe...

mel - 6:37 PM

20 comentários

Monday, December 25, 2006


Guess who's back!

Enfim, estou de volta, essa semana última foi fuóda, meu computador choramingando, com febre... (Febre sim, afinal de contas, o cooler dele simplesmente parou de funcionar. Tadinho. Ficava lá, esquentando, fedendo, foram momentos dramáticos e inesquecíveis... Aí, ele esquentava e desmaiava. Aí reiniciava sozinho, cheio de erros, pensei que fosse um vírus, gripe aviária talvez, mas, no fim, deu tudo certo, o cooler dele funciona quando quer. Tá funcionando agora, né? Ainda bem!)

Vou imitar o blog do Márcio Pimenta e vou fazer um Giro! Giro de Natal!

Pois é, o Natal. Pra mim, é dia 24, porque tudo acontece no dia 24, mesmo que seja à noite! Os presentes, a festa, a ave-chester-fiesta que ninguém sabe o que é, mas tá comendo e chamando de peru...

E este ano, foi arretado! Fiz uma excursão que só vendo...
Enfim, passei a maior parte do Natal com a família do meu cônjuge. E a família dele é o máximo. Tipo, rolou um amigo oculto. Mas eu posso dizer que esse "amigo oculto" esteve a um passo de ser um "inimigo oculto", não por causa dos presentes, mas sim por causa dos comentários, que foram hilários, só não ri mais porque eu tava morrendo de sono mesmo.

Vamos então aos Melhores Momentos do Natal!

* Estávamos chegando à minha casa, e, sobre a porta, está pendurada uma guirlanda de natal com um papai noel pregado nela. Daí, o Pist (sim, em negrito!) solta a MELHOR MANOTA do ANO: "E esse COELHO aí, é comestível também?" (comestível=> referência ao papai noel de um bolo da padaria) GENTE. COELHO. COELHOOOOO!!!! HAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!

* Já nas comemorações natalinas, com a família dele, alguma alma bondosa apareceu com um BARALHO, formando uma MESA DE TRUCO! Não menciono aqui que eu TAMBÉM tinha um baralho (sempre carrego na bolsa), mas que eu fiquei com vergonha de fazer outra mesa de truco, logo, eu e o Pist entramos na de fora do jogo deles, e ganhamos dos Patos, 12 a 0 (PATOS!). Não menciono também que depois que a gente ganhou dos patos a gente perdeu de outros patos. Mas esses eram patos mais espertos. Aposto que o baralho tava marcado. O mais legal do jogo em que perdemos foi que minhas cartas iam piorando progressivamente a cada jogada. Na primeira, Espadilha, 7, 6. Na segunda, três, 7, 6. Na terceira, Valete, 7, 6. Na quarta, Rainha, 7, 6. Incrível. Mas aqui: é truco mineiro, claro! Truco paulista é muito complicado.

* Já depois disso, descobrimos que aquela carinha da Elma Chips existe. Existe. Eu vi fotos do garoto original! É sério. É uma réplica perfeita, gente. Vocês não entendem, queria tanto que pudessem entender!!!!

* Aí depois veio o amigo oculto. Com comentários do nível de "Abre! Abre!" até "Enfia! Enfia!", o negócio foi bem legal. Mas a melhor parte MESMO foi nosso querido Botafoguense de coração (e odiador do Galo) vai abrir seu presente, que lhe foi dado por um atleticano. Ele abre. Vê uma camisa com listras pretas e brancas e faz uma cara tipo "que merda!!!! Galo não!!!", só que ele desdobra a camisa e vê que é do seu Botafogo-ô-ô e faz aquela cara de criança ganhando o Nintendo 64. Faltou filmar isso. E remixar, claro.

* Aí depois, pra desespero dos bebum, a cerveja acabou. Logo, festa acabada. Certo? Certo. Eu, apesar de gostar da festa, tava morrendo de sono. Então, a cerveja ter acabado foi lucro, né? É. Mas no asterisco acima eu disse algo sobre amigo oculto, né? Pois é. Minha sogrinha comprou vinhos e mais vinhos pros amigos-ocultos. Logo, a festa continuou, com os bebum enxugando os vinhos. De quatro garrafas, não sobrou nenhuma pra contar a história. E enquanto isso, fomos pra sala ver Mary Poppins, que tava passando na Globo. Quer dizer, eu não vi nada. Tô sépia.


Enfim, gente. Agora esta semana tô de volta. Sumam não.
Mandem suas perguntas pra consultoria de moda. É grátis mesmo!

mel - 8:58 PM

13 comentários

Monday, December 18, 2006


Mulher com aroma de Café

Pois então, este é mais um belíssimo post de FlashBack.

Enfim.
Quando euzinha era uma preá_dolescente, eu vivia em guerra com minhas madeixas. Hoje em dia eu já descobri que a solução é: shampoo/condicionador caro.
Mas, naquela época, eu não me deixava seduzir pelos preços dos produtos capilares e me submetia a cada coisa pra ver se o ninho de mafagafos com sete mafagafinhos melhorava...
Um bom exemplo disso são as fórmulas de cremes e banhos de brilho caseiros.
Tipo assim, um luxo: Misture duas colheres de sopa de abacate com uma gema e três colheres de azeite. Claro que não adiantava nada, e dava o maior trabalho pra enxaguar, essas coisas assim.

Mas a MELHOR de todas essas fórmulas foi uma que veio na Capricho. É, eu assinava Capricho. Foi um momento de fraqueza na minha vida. Ah, eu tinha 11 anos mesmo. Tanto faz!
Essa Capricho tinha vindo com um suplemento super-especial de "Vamos cuidar dos seus cabelos em casa, com todas as coisas que existem em sua cozinha!!".

Minha vó se sentiu seduzida por uma formulinha BÁSICA para cabelos secos. Os ingredientes? CAFÉ, BANANA, água... Tudo bem normal, né? E a receita era assim: bata no liquidificador os ingredientes e depois coloque no cabelo. Deixe agir por 20 minutos e enxágüe.

Eu olhei torto. Café? Como assim? Café?????
Ela olhou pra mim e me mandou sentar. Eu sentei, né. Xingando, mas sentei. E ela veio com aquela gosma fedorenta. Passou, passou, passou. Aquele cheiro de café. A touca térmica. Meu Deus, eu sou um monstro. Se tiver algum piolho aqui, não passa de hoje!

Aí eu fui enxaguar. Assim, fiquei tipo quase 3 horas enxaguando, porque a banana uó não tava bem batida, e ficou cheio de pedaços. E aquele cheiro de café insistente. Ah, naquele dia eu resolvi cancelar a assinatura da Capricho. E, claro, o cheiro perfumado do café permaneceu. O tempo todo.


Quinze (15) dias depois, chega a nova Capricho, sucessora direta da Capricho com o suplemento-maldito.
Na famosa e concorrida seção dos "Erramos", tinha escrito, bem lindamente:
"Erramos no suplemento da edição passada, na fórmula da página X, onde está escrito café, substitua por ÁGUA."
Não entendi bem a moral da água, já que JÁ tinha na receita original, mas o ponto é: NÃO TINHA QUE COLOCAR CAFÉ! Eu merecia mesmo...
Moral: nunca faça uma receita de uma revista logo que ela chega. Espere chegar a próxima e confira a seção "Erramos". É importante.





AAAAAAHHHH!!!!
Gente, amores queridos!!!
Eu tenho um fotolog novo. Esse não vai ser moribundo, podem visitar, favoritar, comentar, fazer o que vocês quiserem! Taí o belíssimo endereço!
http://ubbibr.fotolog.com/m_supahstah/

mel - 7:56 PM

44 comentários

Saturday, December 16, 2006


Pisadas na Bosta!!

Ahhh, então. Eu sumi mesmo, de novo. Foi mal. Ando meio desligada! Eu nem sinto meus pés no chão. Ah, oi, Pato Fu!

Então, hoje eu vou contar aqui umas histórias legais.
De PISADAS NA BOSTAAAA!!!!! Êêêê!!!!

Assim, no post das Quedas Memoráveis (que terá continuação), eu disse pros QUERIDOS LEITORES deixarem a sua contribuição para o post de Pisadas na Bosta! Mas NENHUM deixou! Malvados! Aposto que todos vocês vão contar suas histórias agora nos comments, né?? hehehehe!

Vamos às Pisadas!!

Number One:
Estávamos na casa da minha amiga D, e, de repente, decidimos alugar um filme. Saímos da casa dela, falando alto, berrando, rindo, como se fôssemos hienas (e éramos. Saudades.), e nem estávamos prestando atenção ao chão à nossa frente.
Virando a esquina, eis que nossa querida D, usando suas havaianas alaranjadas, mete seu pezinho de princesa numa lascona de bosta, bem fresca, bem volumosa, bem marrom!
Seu pezinho de donzela fica uma belezura. Imagina que uó! Imagina, eu não ri nem um pouco. Nem um pouco MESMO. Não sei como não chamaram o Samu pra mim, por acharem que eu tava tendo algum tipo de ataque.
Mas aí a pobrezinha voltou mancando pra casa, jogou o chinelo fora (no meio das plantas. Pode ter sido um bom adubo!) e tentou limpar o pé. Precisa dizer que o filme foi pro saco?


Number Two:
Eu tinha dormido na casa da minha amiga L, e, de manhã, fomos correndo à banca pra comprar figurinhas de Pokémon (meu passado me condena). Fomos correndo à banca. Mas notem bem que a L foi descalça. Como Murphy é um bom acompanhante, no meio do caminho, surge uma pelotinha de bosta de cachorro pra L pisar. Pelo menos a bostinha tava sequinha, deve ser de cachorro de madame que come ração, porque a L não só pisou na bosta, como ainda raspou o pé em cima dela, perdendo o equilíbrio.
Mundo cruel. Alguém prenda essas madames porcas que ficam deixando bosta de cachorro na rua.


Number Three:
Ou "Quando Deus te castigou, ele tava caminhando".
Eu. Na época desse caso acima, eu tava contando isso pra minha amiga D. E rindo muito da cara da L, enquanto andávamos na rua. Claro que eu pisei numa bela bosta, né? Pelo menos não tava descalça, Murphy não me pegou desprevenida!


Number Four:
Ou "Fechando com chave de ouro"
Bem!!
Um belo dia, estava... ahn, tá, eu conto. Eu confesso!
Um belo dia, estava eu chegando ao colégio. Sexta série, pré-adolescente besta.
Entrei no colégio, com toda a pompa, dando bom dia pra cavalo e doida pra estudar. Eu era bem nerd e usava batom rosa. Odeio meu passado, by the way.
Andei o caminho todo até minha sala, sem perceber que um cheiro de bosta fresca me seguia. Sentei na minha carteira e notei uma pequena trilha aonde eu passei.
Não pude acreditar. Mas era real.
Eu pisei na bosta na rua e sujei o colégio inteiro!
EU PISEI NA BOSTA NA RUA E SUJEI O COLÉGIO INTEIRO, cês entendem?
Não demorou muito e surgiu uma servente na porta da sala, me olhando com aquela cara de "Achei!!!!!", quase uma Sherlock Holmes.
Eu olhei pro meu pé e ainda tentei mentir pra ela, mas não teve jeito, as pegadas me delataram!
E várias pessoas olhando o fato, e comentando! Oh, pobre de mim. Que vergonha. Aquele dia eu pensei seriamente em comprar um saco pra andar na cabeça.
A servente me mandou lavar meu tênis na PIA. Mas como não podia abrir o banheiro, tive que lavar meu tênis na PIA DO PÁTIO. Ou seja, na frente de todos. Não podia ser melhor mesmo.
Sem contar que a sola do tênis era toda cheia de frescuras e firulas. Quase joguei o objeto no lixo, acertando também a cabeça da pobre servente, que nada tinha a ver, mas..
Fiquei o primeiro horário todo lavando a bichinha. E aguentando zoação de todos os serventes. Porque todos vieram ver quem tinha feito aquela trilha de bosta no colégio todo. Foi um dia de fama.
Eu também fui ver minha trilha, tava realmente dramática.
Eu tenho vergonha de mim.




Mas, aqui, podem mandar suas contribuições, né???

mel - 7:49 PM

23 comentários

Monday, December 11, 2006


Programa em Família

Pois então, este caso aconteceu no começo deste ano.

Estavam as pessoas reunidas na casa do R., a família dele, na sala, vendo TV. Tava de noite já, e ele vira e diz:

"Nó!!! Lembrei o que eu queria ver! Vai passar um programa legal pra caramba no National Geographic às 8 horas!!! Não me deixa esquecer de colocar lá na hora não, tá?"

E, como todo mundo o respeita à pampa, ninguém nem perguntou do que o programa se tratava.

Chegando quase 8 horas, ele, frenético, pega o controle e põe no National Geographic.

"A lá, vai começar!" (todo se vangloriando por não ter esquecido de colocar no canal certo à hora certa)

E começou. Todo mundo assistindo TV. A família brasileira, na frente da televisão, esperando um alento cultural.

E aí, começou no Nat Geo um programa bem familiar, chamado "SEXO SELVAGEM", cuja proposta é, simplesmente, mostrar cenas pornôs com animais selvagens, e também seus rituais de acasalamento. Talvez seja um pouco menos pornoporco que a banheira do Gugu, mas é infinitamente mais estimulante que o filme da Gretchen, o já famouso "La Conga Sex".

Depois da musiquinha inicial do programa (música de strip tease), o pobre R. tentou se redimir, dizendo que "não era isso que eu queria veeeeeer!!!", mas aí já era tarde, né? Ele jurava que o programa que ele queria ver era um que falava alguma coisa sobre aviões. Aviões? Claro. A gente acredita, né?


(Este post contém tanta palavra recorde-de-procura-no-google que deve alavancar as visitas no bloguinho! Woohoo! Só faltou falar da Cicarelli e seu vídeo pornô na praia... ops, falei.)
(E amanhã é o aniversário da minha linda cidade! Dêem parabéns pra ela, são 109 anos de pura loucura!)

mel - 5:31 PM

38 comentários

Saturday, December 09, 2006


Confessions on the Street Floor

Gente. Eu sumi demais. Creeeedo!

Bom, como todo mundo sabe, hoje é dia deeee postar no Vibrador! Portanto, vão lá! E todos os outros dias também, porque os textos das meninas são óóóótimos!!!

Hoje eu realmente não tenho muita coisa pra falar não, eu tô com sono mesmo, só vim aqui pra dar um alô, um ei, um "eu tô bem sim, graças a deus", entendem?

E também vim dizer que minha mania por "folhetos de supermercado" está ficando MUITO intensa. Tá quase chegando ao ápice. Porque minhas manias são assim, elas vêm de levinho, viram um viciozinho, uma coisa reconfortante, uma ginástica para o cérebro, depois elas vão ficando monstruosas, tirando minhas energias, e depois, somem.

Assim, esta mania de folhetos está quase virando monstruosa. Vocês não entendem, mas eu perdôo, afinal, quem, além de mim, pode ser a pessoa bizarra que cata folhetos de supermercado pra cortar as figurinhas?
Gente, eu tenho figurinha de quase tudo, é lindo. Mas eu não faço isso à toa, eu vou fazer uma mega-colagem ano que vem!! Assim, né, começar ano que vem. Porque eu tenho uma mega-colagem sendo feita desde 2002. E ela é linda. Provavelmente você não vai ver, minha arte é feita pra ser guardada dentro de pastas transparentes, azuis ou não. Porque eu sei que não vou ganhar dinheiro com ela e nem quero vendê-las, ah, dilemas.

Enfim, eu comecei a perceber que minha mania tava fora do controle quando eu catei um folheto de sacolão em pleno passeio, na rua mesmo. Na frente de familiares. Foi um ato tão natural que ninguém reparou, foi como se eu tivesse deixado cair. Amo. Cortei abacaxi, abóbora, chuchu, um monte de hortaliça que não têm em folhetos de Carrefour!!

Aí depois, eu catei um folheto do lixo. Mas o lixo era daqui de casa, tava limpinho!!! Tinha acabado de colocar a sacolinha nova, e o folheto tava no fundo pra meio que "amparar" o lixo... Nem foi ato porco, vai.

Aí outro dia, eu tava andando com minha progenitora em pleno bairro chique da cidade. Vi um folheto do carrefour em cima de um muro. CATEI. Vergonha. Minha mãe odeia esse tipo de coisa. Mas o negócio foi tão cretino, que ela nem percebeu que eu catei o folheto NA RUA, ela achou que eu peguei da mão de alguém! Ou seja, ela nem xingou! E eu percebi que o negócio tava feio! Principalmente quando eu cheguei em casa e vi em cima da mesa um monte de folhetos iguais ao que eu peguei na rua!

Ai, vida!
Quando eu parar com isso, eu falo. Mas não quero parar não, é legal! Hehehe. Deixa quieto, né? Ninguém leu, ninguém leu, heheheheeh!

mel - 10:09 PM

30 comentários

Tuesday, December 05, 2006


Minisséries ou Microônibus

Gente.
Isso eu presenciei, aliás, biquei ontem. No ônibus.

Vou contar.

Ontem eu estava num determinado local, esperando o busão.
Peguei o busão.
Esse busão estava indo pra um bairro.... hã... pobre, digamos assim. Um bairro mais de periferia, onde moram pessoas mais humildes. (não é o uónibus não, DD!)

Pois bem, entrei, sentei.
Tava um calor dos infernos. Muuuito.

Uns pontos adiante, entraram dois caras. Assim, eu nem notei a cara deles não, eu tava lesada pelo calor. Aí um deles tava com uma bolsinha (hehe) de viagens, e o outro sentou-se atrás de mim. O que tava com a bolsinha colocou-a no chão.

Aí o outro cara que sentou disse: (Seeeenta que lá vem a história)
- Pode deixar que eu seguro a bolsa aqui. Eu tô com o laptop.
(?????!!!! -> Primeiro: qual a relação entre segurar a bolsinha do companheiro e estar com o laptop? Segundo: quem é doido o suficiente pra dizer que está com um laptop em pleno ônibus? Terceiro: quem possui um laptop e ainda pega ônibus? Pra mim, esse povo andava de táxi! No máximo, táxi lotação!)

Mas beleza. O papo continuou deveras interessante, e eu tentei captar tudinho. Vocês não irão acreditar no que lerão.

O cara que tava com a bolsinha negou a ajuda do companheiro. Preferiu deixá-la no chão mesmo.
Aí o cara do laptop começou a sua ladainha:

- Eu venho aqui só pra fazer um servicinho e volto pra casa. Esse computador é uma beleza, aqui eu já resolvo tudo que tenho que fazer. Prefiro mil vezes trabalhar em casa. Eu só venho aqui pra conversar com algum cliente e volto pra casa, trabalhar. Eu morava em Brasília, aí resolvi vir pra cá, pro mato, quando larguei tudo pra lá.

PERAÍÍÍÍI!!!!!! Aí deu vontade de virar a mão no sujeito! Como assim, Bial, chamar minha cidade de mato??? É A MINHHHAAAA CIDADE! E eu sou bairrista mesmo. Aqui NÃO é mato. É a terceira maior cidade do Brasil! Ele tá achando o quê??? Brasília poderia ser muito mais mato do que aqui, afinal, é muito mais nova!!!
(Queridos brasilianos (hehe), não fiquem bravos comigo. Isso foi um desabafo de uma bairrista ofendida por um sujeito que anda de ônibus carregando seu laptop. Não é minha opinião sobre Brasília, cidade que eu nem conheço AINDA, por sinal.)

Mas ele não pára por aí, gente! Segue o diálogo:

Laptopper: larguei tudo lá em Brasília depois que separei da minha mulher. Decidi começar vida nova aqui no mato. (grrr!!!)

Bolsinha: pois é, eu também larguei tudo. Eu tinha dinheiro, mas não tinha vida. Minha mulher me achou doido, mas o que adiantava eu andar de BMW com celular, mas sozinho e ninguém ligando pra mim? (oooh, o dinheiro é uma praga! Dá pra mim então!)

Laptopper: cansei de trabalhar pra tv. É muito stressante. (opa! Trabalhar pra TV??)

Bolsinha: é, né?

Laptopper: desde que eu cheguei aqui no mato (grrrr!!!!!!!), já recebi milhares de propostas da tv. Eu até aceitei, trabalhava numa tv (ele até falou o nome da tv) lá em SP e voltava pra cá todo dia. Eu vinha de avião, mas teve uma vez que eu vim de táxi de lá até aqui. (e como ficou o taxista nessa?)

Bolsinha: ...

Laptopper: agora eu tô na globo, sabe. Tô escrevendo uma minissérie pra lá. (fiquem de olho!!!) Além do trabalho que eu tô fazendo sobre História de um ícone da arte barroca. Esse trabalho está ficando ótimo, tô estudando muita coisa. E a minissérie que eu tô escrevendo pra eles é sobre Aquele que morreu enforcado durante a Inconfidência Mineira e teve seu corpo esquartejado. (fiquem de olho!!!2). É meio difícil de eu conseguir fazer emplacar, mas eu conheço o diretor e posso conseguir alguma coisa. Tá previsto pra 2010.

(destaquei o último parágrafo porque ele é o supra-sumo da conversa...)

E ISSO TUDO DENTRO DE UM ÔNIBUS!!!!!!
Cada coisa que a gente vê nesse mundo, geeeeeeeente!!!!!!!!!!!
Só me faltava ele falar que mora no bairro humilde para onde o ônibus tava indo. Eu tava rezando pra eles descerem junto comigo pra eu bicar mais. Mas não teve jeito.
Ônibus rende mesmo.

mel - 3:25 PM

41 comentários

Monday, December 04, 2006


Finalmente!!

Depois de quase uma semana sem postar e quase sem ler os comentários do post abaixo, eis que volto!

Assim, nem volto tããããããããão postante, porque ainda tem vestibular, ué. A segunda etapa dia 8 de janeiro. E assim caminha a vida, em passos lentos e uó uó uó.
É, eu passei da primeira etapa. Não tão bem quanto eu queria que fosse, mas já tá de bom tamanho!

Mas não se preocupem, fiéis leitores que eu tanto amo:
- Eu continuarei postando aqui SIM! É que hoje eu tô meio sem inspiração mesmo.

Vim aqui pra dar recadinhos:
Aos compadres que querem participar do Celebrities Bit Me:
Tem um post novo lá. Só entrar lá e deixar o email nos comentários. Não se preocupem, que eu vou apagar depois, pra não ficar lá assim, aparecendo. Mas é sério. Última chance.

Por hoje é só, amanhã eu posto alguma coisa legal!
Sumam_não!

mel - 7:35 PM

7 comentários

Quem sou eu:

Moça, casada, atualizada,
chocólatra, não-alcoolizada,
consultora de moda (aham..).... Eu sou apaixonada com esta coisa aqui!
E se você me disser que não acredita, eu te mordo!
Verdade.

Tá, mentira. Mas fica por isso mesmo. Né gente. Quanta preguiça.





Participe da Consultoria!
(copie o email)


Música do Momento:

  • *Lady V*


  • Melhores Posts:

  • Carla Tenistinha
  • História da Carroça
  • Consultoria de Moda e Etc


  • Ó eu aqui também:

  • Meu Fotolog(Novinho e Lindí­ssimo!! - morrendo)
  • Celebrities Bit Me (Estamos Voltando!! - em 31 de fevereiro)
  • Fogo Fogo Fogo!! (em estado de letargia)
  • Miss Lucifer (blog morto...)
  • Fotolog Morto(Muerto)


  • Blogs que eu bico:

  • A Democracia é uma Falsa do Caralho!
  • A toa!
  • Abuso Letal
  • Acid Within
  • Agnóstico Vagabundo
  • Arriada
  • Beleza Exterior
  • Binair Lines
  • Blasé
  • Black Katze
  • Blog do Cássio
  • Blog do Gonzo!
  • Blog sem nome do Ariel L.A.C.!
  • Blog sobre Mark Ryden
  • Cerveja, Resmungos e Insanidades
  • Chronicles About Me
  • Club Social
  • Como viver (in)corretamente!
  • Delí­rios Lucarianos
  • Desventuras
  • Dizer o quê?
  • Epifanias
  • Escrevendo Errado por Linhas Retas
  • Estimulanet
  • Extraordinário Ordinário BloGGer
  • Fiapo de Jaca
  • Garoto Falido
  • Goiabas Verdes Fritas
  • Homem é Tudo Palhaço!
  • Isso Só Acontece Comigo!
  • Kiropo & Adiós Kitty
  • Kitty Mamba
  • Legenda Urbana
  • Leis de Murphy
  • Márcio Pimenta
  • Maybe This Time
  • Melhores Propagandas do Mundo
  • Mixirica Mutante
  • Mundico
  • Mutatches
  • Negão Internauta
  • Ninguém Lê Esta Porcaria
  • O Cão Ocidental
  • O Irrevogável
  • On The Rocks
  • Preto, Pobre e Suburbano
  • Quarto 1222
  • Quimera Ufana
  • Sem Lápis Nem Papel
  • Sem Tí­tulo Ainda!
  • Serial-Matinal Net Zine
  • Silent All These Years
  • Sutiã Quarenta e Seis
  • The [Nick Goes Here] Project
  • The Looking Mirror
  • Tocando!
  • Três da Sete
  • Um Paí­s Chamado Uati
  • Unspoken Words
  • Upside Down
  • Verde Limão
  • Vesperax
  • Vibrador Portátil
  • WC Donalds


  • Disse antes que... Disse há mais tempo...

    Blog com Grelos
    Blog com Tomates





    Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


    Créditos

    *Mel*

    Powered by Blogger

    BlogBlogs.Com.Br